Agora com a designação de O PALHETAS NA FOZ em (www.opalhetasnafoz.blogspot.com)

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Praia da Claridade (2)

Bela praia... mas não há bela sem senão: Ali ao lado, um incompreensível rombo no murete e, no areal, um viçoso relvado!!

6 comentários:

zipado disse...

e qual é o problema do Relvado ? ainda não consegui perceber ! Com a sujidades e os rombos no muro concordo que está mal, agora o relvado não me causa "espécie"

Anônimo disse...

Mas ó Zipado, a noticia não diz k há problema com o relvado! Até diz k é viçoso!
Mas k é eskisito uma praia com relva, lá isso é! Menos para si, claro!!

Anônimo disse...

Uma praia que se quer de turismo tem relva, e o "zipado" diz que não vê o problema?!?!? Não há maior cego do que aquele que não quer ver!!
A.O.

Anônimo disse...

Os portugueses odeiam o que é natural e espontâneo. Cresce relva: está sujo !
Que absurdo.
É um milagre da natureza crescer ali relva e flores, é bonito e estético.
Mas logo se quer destruir e humanizar a paisagem. Lamentável a perda de sensibilidade de algumas pessoas.

Anônimo disse...

Este ultimo anónimo das 12h00 é mesmo tótó: Diz k relva a crescer numa praia é espontâneo!? Mas em k praia!!!?
A relva só cresce em jardins ou terra apropriada. As "ervas daninhas", como estas da praia, só crescem onde há terra conspurcada, lixo e detritos. Ou seja, onde há sujidade!!
Mas possivelmente este anónimo escreveu as linhas a brincar... eu é k não percebi a ironia!... (...é um milagre da natureza ali crescer relva e flores) !!!!?
Credo!...

Anônimo disse...

O último anónimo não deve ter a 4ª classe !

A relva cresce em todo o lado, onde haja substrato mineral. Na praia o vento traz a poeira que se vai acumulando. Chuva e outros nutrientes fertilizam naturalmente a areia e dai crescerem ervas, flores, plantas....espontaneamente.

A relva não cresce junto ao mar , nos primeiros 200 metros, mas sim em zonas onde o mar há muito que não chega.

Preocupem-se com o lixo e deixem a erva crescer .
Erva não é lixo !